Monthly Archives: junho, 2017

Prefeito de Mirinzal, Jadilson Coelho, e o vice-prefeito, Derson Ribeiro

O juiz eleitoral José Jorge Figueiredo dos Anjos Júnior, da comarca de Guimarães, decretou na manhã da última quarta-feira (28) a cassação do prefeito de Mirinzal, Jadilson Coelho, e do vice-prefeito, Derson Ribeiro e suas inelegibilidades por 8 anos.

A decisão foi fruto de uma ação movida pela defesa do ex-prefeito Amaury Almeida, em consequência da prisão ilegal do mesmo. O juiz do caso deu parecer favorável à cassação da chapa tendo em vista a gravidade das circunstâncias que caracterizam o todo.

Assim sendo, o juiz decretou nulos os diplomas de prefeito e vice de Jadilson e Derson, além de decretar a perda do mandato eletivo outorgado dos dois investigados nas eleições municipais/2016. Ou seja, os dois foram cassados.

Por força de uma disposição legislativa, o prefeito Jadilson poderá recorrer no cargo à decisão da comarca de Guimarães, entretanto, assim que o Tribunal Regional Eleitoral der o parecer favorável à decisão do juiz Figueiredo, haverão novas eleições em Mirinzal.

Veja abaixo trecho da decisão:

                                         

deputado Zé Inácio usou a tribuna nesta terça-feira (27) para comentar a denuncia de corrupção passiva, apresentada pela Procuradoria Geral da República, contra o presidente Michel Temer.

Zé Inácio comentou o descaso da mídia e da classe política com fato, “O que chama atenção é que essa denúncia se não fosse principalmente a classe política ter debatido de ontem para hoje muito pouco se ouve falar nos meios de comunicação. Não se ouve manifestações na rua pedindo que esta denúncia tenha o desfecho que o Brasil precisa, que o Brasil mereça. Lembramos que na época do impeachment da Presidenta Dilma várias manifestações aconteceram nas ruas em todo o Brasil e hoje não acontece.”.

E continuou, “Não é porque a situação da economia no país melhorou. Não é isso. É exatamente porque com a Presidenta Dilma ocorreu um golpe político e midiático em que a grande imprensa convocou a população para ir às ruas. Agora nós estamos diante não de um crime de responsabilidade, que não chegou a ser provado, que foi o caso das pedaladas fiscais, mas de uma denúncia grave apresentada pelo Procurador-Geral da República que denuncia crime de corrupção, sem falar da possibilidade de uma nova denúncia por obstrução de Justiça. ”.

Zé Inácio pediu aos parlamentares maranhenses que votem a favor da denuncia no congresso nacional nos próximos dias, pois se trata de um crime grave e com provas contundentes.

“Eu uso esta tribuna não só para comentar este caso, mas para pedir principalmente aos parlamentares maranhenses, principalmente aqueles que votaram contra a democracia e contra o golpe, contra a Presidenta Dilma, que tenham a mesma postura na votação dessa denúncia daqui a alguns dias no Congresso Nacional. E nós, a sociedade brasileira, clamamos por justiça.”.

Solução para a crise

O parlamentar disse ainda que após aprovada a denuncia e o afastamento de 180 dias de Temer, que o Presidente da Câmara, o Rodrigo Maia, deve convocar eleições diretas, “A solução para o país sair dessa crise econômica e política é eleições diretas para Presidente do Brasil.”, afirmou.

Inácio aproveitou seu discurso para comentar as situações vexatorias pelas quais o presidente passou na semana passada, em viagem pela Europa, como chamar o Rei da Noruega de Rei da Suécia, ao anunciar que iria a República Socialista Federativa Soviética da Rússia, mas que desde 91 é chamada de Federação Russa. Além de ter ido a Noruega Temer com a intenção de conseguir investimentos para o país, mas, na ocasião, foi informado que seria reduzido pela metade o repasse de dinheiro para o fundo de proteção Amazônica.

 

Osmar Fonseca: “Eu voltei e voltei pra ficar, porque aqui é o meu lugar!”

 

 
Osmar Fonseca  em seu retorno ao cargo de prefeito de Lago do Junco

O maior evento político depois das últimas eleições aconteceu ontem à noite na cidade de Lago do Junco (MA). Uma multidão saiu às ruas para saudar Osmar Fonseca, que retornava a cidade e ao cargo de prefeito daquele município depois de um curto período afastado por decisão da justiça local.

Osmar Fonseca já tinha recebido o aval do Tribunal de Justiça do Maranhão e da própria justiça local para retornar ao cargo de prefeito na semana passada, dia 23; todavia, o “Homem do Chapeuzinho”, como é carinhosamente apelidado, marcou a quarta-feira, dia 28, para reencontrar seu amado povo em Lago do Junco.

A cidade de Lago do Junco estava movimentada desde as primeiras horas da manhã de quarta-feira. Fogos aqui e ali riscavam o céu. Carros de som anunciavam pelas ruas da cidade que “O Homem voltou!” Uma sensação de comemoração era sentida no ar, pelas esquinas, praças, casas, bares, igrejas, em fim por toda cidade! O dia prometia ser especial e marcante na história de Lago do Junco.

                 
Caminhada pelas ruas de Lago do Junco

O desejo de reencontrar e de receber o prefeito Osmar era tão grande entre os munícipes que, antes mesmo dele sair de São Luís, já tinham comitivas aguardando o prefeito na cidade de Bacabal, no povoado Santa Tereza, na cidade de Lago da Pedra, no povoado Abelha e na entrada da cidade de Lago do Junco.

No final da tarde, o prefeito Osmar Fonseca chegou acompanhado de amigos e familiares em Lago da Pedra. Uma multidão o cercou na Avenida Roseana Sarney, próximo ao Posto Sinai; depois de abraços, fotos, selfies, e até uma entrevista para o blog do Carlinhos, uma carreata se formou para levar o prefeito para casa; a comitiva composta por uma grande quantidade de veículos atravessou a cidade de Lago Pedra, chamando atenção do povo lagopedrense, que também ama a política e conhece Osmar desde criança. “Osmar Fonseca é forte e querido”, comentavam surpresos com a grande manifestação dos juncoenses na cidade.

 
Prefeito foi recepcionado já em Lago da Pedra 

Não demorou e a carreata dos amigos de Osmar Fonseca seguiu pela MA-119; já era noite e o clima típico de festa eleitoral dominou a região; no povoado Abelha centenas de pessoas receberam o prefeito com manifestação de carinho, alegria, abraços, músicas, fotos, foguetes… logo a carreata continuou  ainda mais fortalecida com mais de 100 carros e centenas de motocicletas.

Pode se dizer que o prefeito Osmar Fonseca entrou na cidade de Lago do Junco em triunfo! Na entrada da cidade, ele desceu do carro e seguiu a pé, junto com o povo que, democraticamente, lhe deu dois mandatos de prefeito. A alegria estava estampada no rosto de cada um. A maioria do povo de Lago do Junco estava feliz com o retorno de seu legítimo prefeito.

Rapidamente, um palco improvisado em cima de um caminhão foi montado ao lado da Câmara Municipal; Osmar chegou conduzindo uma multidão, em plena quarta-feira. Esse detalha chama atenção, porque só é visto em períodos eleitorais.

                        
Osmar recebeu o carinho do povo em Lago do Junco

O prefeito Osmar Fonseca, ao lado de seu amigo e irmão vice-prefeito Enoc Lopes, os vereadores da base, secretários de governo, amigos, subiram no caminhão, dançaram e discursaram diante de uma grande multidão.

A surpresa da noite foi anunciada: o vereador da oposição Raimundinho Tavares estava do lado do prefeito Osmar; o vereador deixou o grupo e oposição para fazer parte da base de apoio do prefeito na Câmara; Raimundinho foi muito bem recebido pelo grupo do prefeito e pela população. “Osmar Fonseca voltou ainda mais forte”, era o que se anunciava nos microfones. Agora,  a base de Osmar Fonseca é maioria na Câmara. Tem 5 vereadores, dos 9 que compõe o legislativo municipal.

 
Vereador Raimundinho passa para o lado de Osmar Fonseca 

Várias lideranças políticas e populares passaram pelos microfones: os vereadores Zeca do Leopoldo, Jair, Sérgio Lois, Raimundo Tavares, Elidevan;  o vice-prefeito Enoc Lopes fez um estridente discurso, onde criticou a oposição e manifestou total apoio ao prefeito Osmar Fonseca. (O discurso de Enoc e outros serão temas de outras postagens).

 
Multidão recepciona o prefeito em Lago do Junco 

O discurso mais aguardado foi apoteótico. Osmar Fonseca se emocionou, não conseguia falar, mas depois de alguns segundos intermináveis, ele disse tudo o que tinha a dizer. Falou dos momentos difíceis em que esteve afastado, criticou a oposição, cantou um trecho da música de Roberto Carlos (Eu voltei…), anunciou o ingresso do vereador Raimundinho Tavares no seu grupo político e, afirmou que foi Deus que lhe concedeu o mandato de prefeito de Lago do Junco.

“Eu sou de vocês (começou emocionado…) Uma demonstração de carinho como essa não tem como não se emocionar! A vontade de Deus é maior que a vontade dos homens; quando fui eleito, fui eleito pra cumprir um mandato de 4 anos! Não fui eu que fui conduzido aqui, foi Deus que me conduziu pra cumprir um mandato de quatro anos! Se eu fosse cantor, eu iria cantar uma música de Roberto Carlos: ‘Eu voltei, voltei para ficar, porque aqui, aqui é o meu lugar’… Senhor, meu Deus, Me dê saúde para liderar esse povo! Quanto mais perseguição eu tenho, mais forte eu voltou para Lago do Junco e a surpresa de hoje está aqui do meu lado, que é o vereador Raimundinho que veio pra fortificar nossa administração”, discursava.

 

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou a utilização do aplicativo para intimações judiciais. A decisão foi tomada por unanimidade durante o julgamento que contestava a decisão da corregedoria do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), que proibiu a utilização do aplicativo no juizado Civil e Criminal da Comarca de Piracanjuba (GO).

Segundo o CNJ, a comunicação de atos processuais pelo WhatsApp começou em 2015 e rendeu ao juiz da comarca de Piracanjuba, Gabriel Consigliero Lessa, destaque no Prêmio Innovare daquele ano. O uso do aplicativo de mensagens como forma de agilizar e desburocratizar procedimentos judiciais foi regulamentado na comarca em conjunto com a Ordem dos Advogados do Brasil do município.

O uso do aplicativo é facultativo às partes que voluntariamente aderirem aos termos de uso. Segundo o CNJ, a norma também prevê a utilização da ferramenta apenas para a realização de intimações e exige a confirmação do recebimento da mensagem no mesmo dia do envio; caso contrário, a intimação da parte deve ocorrer pela via convencional.

Ao CNJ, o magistrado da comarca de Piracanjuba justifica que o recurso tecnológico se caracterizou como um aliado do Poder Judiciário, reduzindo custos e evitando a morosidade no processo judicial. Em seu relatório, a conselheira Daldice Santana, relatora do processo, apontou que a prática reforça a atuação dos Juizados Especiais, orientados pelos critérios da oralidade, simplicidade e informalidade.

O CNJ informou que, para proibir a utilização do WhatsApp, a Corregedoria-geral de Justiça de Goiás havia justificado a redução da força de trabalho do tribunal; a falta de regulamentação legal para permitir que um aplicativo controlado por empresa estrangeira, no caso o Facebook, seja utilizado como meio de atos judiciais; e ausência de sanções processuais nos casos em que a intimação não for atendida.

Segundo a conselheira relatora, diferentemente do que foi alegado pelo tribunal, a regulamentação para o uso do aplicativo em Piracanjuba detalha toda a dinâmica para a realização das intimações, estabelecendo regras e também penalidades para o caso de descumprimento e “não extrapolou os limites regulamentares, pois apenas previu o uso de uma ferramenta de comunicação de atos processuais, entre tantas outras possíveis”.

Agência Brasil

GOVERNADOR FLÁVIO DINO E ROSEANA.

MARANHÃO – O Blog divulga os números da pesquisa do instituto Exata para governo do Estado. O Jornal Pequeno já havia divulgado os números da pesquisa com relação à avaliação do governo Flávio Dino.

De acordo com o levantamento do instituto que está entre os que mais acerta nas eleições do Maranhão, o governador Flávio Dino lidera a pesquisa espontânea com 36% das intenções de voto. Roseana Sarney tem 12% e Roberto Rocha 1%. Maura Jorge e Edivaldo Holanda Júnior também foram lembrados mas não pontuaram. A pesquisa tem 1.404 questionários e foi realizada entre os dias 14 e 17 deste mês. A pesquisa tem 95% de confiabilidade e margem de erro é de 3,2%.

RESULTADO DA PESQUISA ESPONTÂNEA.

Liderança de 30 pontos nos votos válidos

No cenário em que aparecem apenas Flávio Dino e Roseana Sarney, o governador marcou 51 pontos percentuais contra 28 da peemedebista. Outros 16% disseram votar nulo, branco ou nenhum e 5% não sabem ou não responderam. Em votos válidos, a diferença chegaria a 30 pontos.

 

idanApós o maior carnaval de sua historia Santa Filomena terá a maior festa junina. A Prefeitura Municipal de Santa Filomena, prefeito Idan Torres, através da Secretaria Municipal de Cultura irá realizar uma grande festa junina durante os dias 23, 24 e 25 de junho.

Vários cantores, bandas de forró e danças tipicas irão animar os três dias de Arraial em Santa Filomena, entre elas Gaviões do Forró, PNV Estiloso, Dayane Rodrigues, Wilson Boré, Gerrard Lima, Mizael Teixeira, Boi de Barra do Corda, Quadrilhas Juninas Raio de Sol e Estrela de  Fogo.

Fonte: Blog Pedro Jorge

O deputado Zé Inácio esteve neste sábado (17) no município de Pedreiras participando da posse do novo diretório municipal do PT, que será presidido pela professora Ana Kátia.

Zé Inácio destacou o fato de uma mulher ter sido eleita para a presidência municipal do partido, a exemplo da nova presidência nacional que será comandada pela senadora Gleise Hoffmann.

DSCN9707“Tenho certeza que a Ana Kátia fará um excelente trabalho à frente do PT de Pedreiras, tendo em vista seu histórico no partido, sempre atuante e envolvida nas lutas pelos direitos dos trabalhadores. Ela poderá contar com meu apoio durante esses dois anos para ajudar a fortalecer e buscar a unidade do partido.”

O deputado disse ainda que o fato de mulheres estarem assumindo cargos importantes no PT mostra o empenho do partido em valorizar e fortalecer as mulheres. E enfatizou a importância de um partido unido para eleger Lula presidente em 2018.

DSCN9709Estiveram presentes o prefeito de Pedreiras, Antônio França, o secretário municipal de Articulação Política, Alan, a liderança política da cidade, Rogério, a professora Cláudia Brasil, Benedito, liderança do PT de Trizidela do Vale, Jackson, presidente do PT de Monção de Pedras e o presidente do PT de São Luís Gonzaga, Xavier.

O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), e o deputado federal Zé Reinado (PSB) lideram pesquisa Escutec para o Senado.
O levantamento foi realizado em 80 municípios e foram ouvidos 2.034 eleitores.
Nesse caso, como a eleição ocorrerá para duas vagas, os entrevistados foram instados citar os dois candidatos em quem votariam se as eleições fossem hoje.
No primeiro cenário, com sete candidatos, Sarney Filho é citado como primeira opção de voto por 13%, seguido por Zé Reinaldo (PSB), 10,8%; Gastão Vieira (Pros), 10%; e Lobão Filho (PMDB), 9,2%.
Na sequência aparecem Waldir Maranhão (PP), 6,3%; Weverton Rocha (PDT), 6,2%; e Clóvis Fecury (DEM), 2,1%.
Ainda no primeiro cenário, como segunda opção de voto, o resultado é o seguinte:
Lobão Filho – 7,7%
Sarney Filho – 7,5%
Zé Reinaldo – 6,4%
Gastão Vieira – 5,5%
Weverton Rocha – 4,2%
Waldir Maranhão – 3,7%
Clóvis Fecury – 2,5%
Somando-se os percentuais, o resultado do cenário 1 é:
Sarney Filho – 20,5%
Zé Reinaldo – 17,2%
Lobão Filho – 16,9%
Gastão Vieira – 15,5%
Weverton Rocha – 10,4%
Waldir Maranhão – 10%
Clóvis Fecury – 4,6%
Abaixo, os resultados para o cenário 2.

 

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Cleomar Tema, pretende sugerir ao governador Flávio Dino (PCdoB) que habilite 107 municípios na gestão de saúde. Segundo Tema, se aceita, a sugestão resultará na melhoria da prestação de serviços na área, uma vez que significará maior dinamismo, maior agilidade e mais qualidade.

A informação foi repassada à imprensa, nesta terça-feira 20, pelo próprio presidente da entidade municipalista. Ele afirmou que pretende fazer a sugestão ao governador durante a participação do comunista em encontro promovido pela Famem com todos os prefeitos e prefeitas do estado.

“Iremos pedir, mais uma vez, durante um grande encontro de gestores que acontecerá na capital, a habilitação destas 107 cidades. Isso representará um grande avanço, no momento em que eles deixarão de serem gerenciados financeiramente pelo Estado, uma vez que isso representa um certo atraso na liberação dos recursos, por conta do sistema burocrático do governo federal”, ressaltou.

Segundo a Famem, o evento está programado para acontecer no próximo dia 4, em São Luís.

1 2 3 6